02 Agosto, 2019

Aguardando o Web Summit 2019



Neste ano o Web Summit 2019 ocorrerá de 04 a 07.11 e Lisboa sediará o evento novamente. Não vejo a hora de pousar em Portugal.

Por Ana Julia Sampaio

Neste ano o Web Summit 2019 ocorrerá de 04 a 07.11 e Lisboa sediará o evento novamente. Não vejo a hora de pousar em Portugal.
Estou realmente aguardando o que haverá por lá em 2019.
A priori estão confirmados os seguintes palestrantes:
websummit.com/speakers

Com inúmeras pessoas confirmadas, também terei a oportunidade de apreciar um dos maiores eventos de tecnologia da atualidade.

No Web Summit 2018 participei de algumas coletivas de imprensa com o Paddy Cosgrave, CEO e Co-fundador, e passei a considerá-lo ainda mais um ícone que com tamanha simplicidade parecia até não saber que o evento engaja milhares de pessoas. 

É lógico que é apenas impressão mesmo. O evento realmente tem uma dimensão gigante e os envolvidos sabem exatamente o que estão fazendo.

Estou realmente aguardando o que haverá por lá em 2019.

Eu fiquei encantada com o atendimento que o Web Summit deu à imprensa, dos menores aos maiores veículos, o que é raro de se ver. Destaco também o atendimento da IBM aos jornalistas e por toda a experiência em si, como a apresentação da NASA, da Microsoft, da Robô Sofia entre outras tantas palestras e debates engrandecedores.

A presença feminina também foi uma constante e o stand da Women in Tech juntamente com o Booking.com abrilhantou o evento.

A sustentabilidade também esteve massivamente presente e eu garanti a minha garrafinha reutilizável da Fundação Miripuri distribuída no evento e cuja a distribuição ocorreu no mesmo pavilhão em que estava a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial).

Por todo o evento a presença da Delta Café deu um up nos participantes e jornalistas para ficarmos alertas a tudo o que ocorria ao mesmo tempo como a Panda Conf que falou de varios assuntos interessantes.

Uma das coisas mais importantes, a meu ver, foi o app user-friendly que utilizamos e que permitia o acesso a toda a agenda do evento e a comunicação entre os participantes, o que permitiu que algumas pessoas interessadas em tecnologia jurídica me localizasse e vice-versa. O networking começou muito antes do evento e ainda mantenho contato com pessoas que conheci através dele.

A festa não parava com o horário final. E é necessário ter disposição porque muitas eram as oportunidades de se fazer negócios.

Um dos fatores que me levaram até lá foi o interesse em tecnologia e também na área jurídica e o evento me trouxe outras surpresas como o encontro com as startups relacionadas ao Direito, que embora poucas, me proporcionou conhecer a representante da Associação Europeia de Legaltechs e advogados portugueses inseridos no mundo tecnológico, o que permitiu não só conhecer o ecossistema português como o europeu como um todo.

Além disso, pude encontrar representantes da AB2L (Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs) por lá e com isso fortalecer os laços.

A diversidade realmente salta aos olhos e constitui um tempero essencial para qualquer um que deseja estar na meca de qualquer área.

E quem não teve a oportunidade de estar no evento como participante, palestrante, imprensa, convidado etc conseguiu vender seu peixe nas imediações. Conheci alguns aplicativos assim.

Lisboa realmente se rende ao Web Summit e a festa acontece antes do início e termina bem depois do fim.

Não é por acaso que é uma das maiores conferências do planeta!

Vejam quem irá ao Web Summit 2019:
https://websummit.com/featured-attendees?

Up